<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\0754454884846424034645\46blogName\75Confer%C3%AAncia+Nacional+Infanto-Juvenil+...\46publishMode\75PUBLISH_MODE_BLOGSPOT\46navbarType\75BLUE\46layoutType\75CLASSIC\46searchRoot\75http://conferenciameioambiente32cre.blogspot.com/search\46blogLocale\75pt_BR\46v\0752\46homepageUrl\75http://conferenciameioambiente32cre.blogspot.com/\46vt\075680258916846111724', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script> Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente 32 CRE
quarta-feira, 15 de outubro de 2008
Conferência na Escola
CONFERÊNCIA SOBRE O MEIO AMBIENTE
NA ESCOLA GUSTAVO LANGSCH-POLIVALENTE.

Dia 23 de setembro de 2008, realizou-se na Escola Estadual de Ensino Médio Gustavo Langsch, São Luiz Gonzaga/RS, a III Conferência Infanto-Juvenil do Meio Ambiente, cujo tema estudado foi Mudanças Ambientais Globais e Subtemas; Água, Ar, Terra e Fogo. A diretora Isoldi fez a abertura dos trabalhos, falando sobre a importância da preservação do nosso Planeta. Os trabalhos se realizaram sob a coordenação das Professoras Sandra e Elisângela.

A Conferência transcorreu com entusiasmado por parte dos alunos, que participaram de 5ª a 7ª séries. Para abertura do evento, os alunos da 5ª série, coordenados pela professora Sandra, apresentaram um teatro intitulado Teatro Ecológico, onde os elementos responsáveis pela vida na Terra estão pedindo socorro aos seres humanos, devido à sua degradação.

A Árvore: diz que as pessoas estão devastando as florestas, a Água: diz que estão poluindo os rios e desperdiçando muita água potável, nos banhos nas torneiras..., O Vento: Devido às mudanças climáticas, tem estado muito nervoso e cansado com seus vendavais, tragédias que não gostaria de causar; O Calor: diz que devido ao efeito estufa, causado pelas queimadas, tem causado o aquecimento global, Seca: existo devido ao excesso de calor, causando muito transtorno a todas as espécies de vida.Gelo: derretendo, diz que é necessário para o equilíbrio do planeta, se derreter causara grandes inundações. Animal: Alguns de nós somos responsáveis pelo controle de pragas e infestações de insetos, também estamos sofrendo as causas da mudança climática. Ser Humano: Para os presentes; Amigos! Estou muito triste, envergonhado, e assustado. Não imaginava que a espécie humana seria capaz de acabar com um planeta tão poderoso e cheio de vida como o nosso. Vamos acabar com esta desolação. Repitam comigo: Vamos salvar o nosso Planeta! Diante do que vimos e ouvimos, precisamos tomar uma atitude. De hoje em diante vamos elaborar um plano de ação para ajudar na sustentabilidade do nosso planeta.






A seguir, a Professora Elisângela deu início à conferência dizendo:

Os seres humanos são a única espécie que faz parte do meio ambiente e é capaz de transformar o espaço em que vive. Os demais seres vivos apenas utilizam o espaço natural para sobreviver. A cada dia vivemos em um ambiente cada vez mais artificial, com a natureza degradada num ritmo acelerado. Esquecemos que somos a única espécie inteligente e passamos a destruir florestas, fazer queimadas, contaminar os solos com produtos químicos, jogar lixo e dejetos nos rios acabando com os peixes. Passamos a utilizar automóveis e outros veículos contaminando nosso ar, as poucas florestas que nos restam são insuficientes para purificá-lo. Mas afinal quem é o inteligente? O homem ou o animal? Por acaso você já viu algum animal contaminar a água que vai matar sua sede e de sua espécie? Já viu algum animal colocar fogo em uma floresta que serve de seu refúgio, e contaminar o ar que respira? Então por que nós seres humanos agimos de forma tão destrutiva? Precisamos modificar essas ações, preservar o ambiente natural. Necessitamos de ar puro e não poluição; De água potável e não contaminada; De florestas e não desertos; De verdes paisagens naturais e não do marrom ou amarelo dos solos desnudos! Então vamos juntos cuidar do nosso planeta!”

Os trabalhos foram iniciados com questionamentos sobre quais os problemas enfrentados nos quatro elementos: Água, Ar, Terra e Fogo. E colocados no muro das lamentações. A seguir o questionamento: Qual o ambiente que eu sonho para minha região?
Foram colocados na árvore dos sonhos. E o resgate histórico Memória viva. Plano de ações.


O elemento escolhido foi à Água, considerando a importância da preservação da água, modificação de atitudes os alunos, trabalharão em conscientizar a Comunidade Escolar e Extra-Escolar sobre a importância da preservação da água, trazendo para a sala de aula a reflexão, sugestão e ações para auxiliar o Planeta nessa luta contra a poluição e desperdício.


 
posted by Joanirse at 16:23 | Permalink |
sexta-feira, 10 de outubro de 2008
Orientações - CADASTRANDO A ESCOLA NO MEC
As orientações a seguir são um resumo das orientação que estão no Manual Cadastro Escolas MEC. Baixe o Manual e obtenha maiores informações.



CONFIGURAÇÕES RECOMENDADAS


O Sistema III Conferência Nacional Infanto-Juvenil, foi desenvolvido em uma plataforma Web a fim de permitir o acesso ao sistema em todo o mundo. Para isso, é necessário possuir uma conexão local com a internet.

Requisitos mínimos para acesso ao sistema:

Sistemas Operacionais
Windows 98 SE
Windows ME
Windows 2000
Windows NT
Windows XP
Linux

Navegador da Internet
Internet Explorer 6.0 ou superior (Ambiente Windows)
Mozilla Firefox 1.5 (Ambiente Windows ou Linux)

Software Aplicativo
Software de visualização de arquivos PDF necessário para gerar relatórios no sistema: Acrobat Reader (Ambiente Windows ou Linux).
O Acrobar Reader está disponível para instalação por meio do site:
http://www.adobe.com/br/products/acrobat/readstep2.html

Faça o download e siga as instruções de instalação.




CADASTRAR FOLHA DE RETORNO


Para cadastrar uma folha de retorno no sistema, como usuário escola, siga os passos:

1 – No menu principal do sistema, no canto esquerdo da tela, selecione a opção: Efetuar Login
O sistema apresenta a tela abaixo



1ª Etapa – Login no sistema


Login – código INEP da escola
Senha – informada na carta que acompanha o material

Após logado, o sistema apresenta as orientações básicas para preenchimento da folha de retorno.


Atenção:
O Cadastro somente será finalizado com sucesso após todas as etapas terem sido cumpridas.
Ao final das etapas, o sistema apresenta as opções imprimir e finalizar. Somente clique no botão Finalizar, se estiver convicto das informações, lembrando que, uma vez finalizado, não mais poderá editar a folha de retorno.

2 – O sistema apresenta o formulário de cadastro.

**Preencha as informações do cadastro, atentando para a cor laranja dos campos obrigatórios.
**Todos os campos assinalados com o ícone são campos de preenchimento obrigatório, que apresentam informações incompletas ou incorretas.




2ª Etapa –Dados da escola


Após concluir a etapa anterior, o sistema direciona para os dados da Conferência.

3 – Preencha as informações do cadastro, observando os campos obrigatórios, e em seguida clique no botão Salvar



3ª Etapa – Dados da Conferência


Após concluir a etapa anterior, o sistema direciona para o cadastro do delegado.

4 – Preencha as informações do cadastro, observando os campos obrigatórios, e em seguida clique no botão Salvar


4ª Etapa – Dados do Delegado



Após concluir a etapa anterior, o sistema direciona para o cadastro do suplente de delegado.

5 – Preencha as informações do cadastro, observando os campos obrigatórios, e em seguida clique no botão Salvar



5ª Etapa – Dados do Suplente de Delegado



Após concluir a etapa anterior, o sistema direciona para tela de pesquisa.

6 – Preencha as informações do cadastro, observando os campos obrigatórios, e em seguida clique no botão Salvar



6ª Etapa – Pesquisa



Após logado no sistema e ter concluído todas as etapas do cadastro da folha de retorno, para visualizá-la, siga os seguintes passos:

1 – No menu principal do sistema, no canto esquerdo da tela, selecione a seguinte opção:

2 – O sistema apresenta o relatório com as etapas do cadastro da folha de retorno concluídas. Revise, confira o que foi colocado em cada etapa.

Ao final desse relatório, o sistema oferece as opções: IMPRIMIR e FINALIZAR.

Ao clicar em Finalizar, o sistema pergunta se você tem certeza que deseja finalizar o cadastro.

Atenção:

Somente clique no botão OK se estiver convicto das informações, lembrando que, uma vez finalizado, não mais poderá editar a folha de retorno.

**Ao clicar, o sistema emite a mensagem Folha de Retorno finalizada com sucesso!

**O sistema apresenta ainda a opção Imprimir.
 
posted by Joanirse at 15:40 | Permalink |
domingo, 28 de setembro de 2008
Reunião de divulgação da III CNIJMA para escolas municipais em Roque Gonzales
No dia 23 de Setembro de 2008, estiveram na E.M.E.F. Santo Antônio de Pádua - Roque Gonzales/RS as professoras Maria Inês Meister Meira e Joanirse Ortiz, integrantes da COR - 32ª CRE, numa reunião de divulgação da III CNIJMA. Essa reunião foi realizada a convite do Secretário Municipal de Educação Tiarles Wust e contou com a presença de alunos e professores das escolas municipais que receberam orientações e tiram dúvidas a respeito da Conferência.





 
posted by Joanirse at 22:21 | Permalink |
quinta-feira, 18 de setembro de 2008
Oficina de Conferência na Escola CIEP - São Luiz Gonzaga/RS
No dia 02 de Setembro de 2008 foi realizada na Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Mário Vieira Marques - CIEP - São Luiz Gonzaga/RS a Oficina de Conferrência promovida pelo Coletivo Jovem/RS que foi representado pelos moderadores Marcio Felipe Marmitt e Ramon do Amaral.

Estiveram presentes alunos e professores da escola, profª Ana Teresa - Coordenadora Regional de Educação 32ª CRE acompanhada pelas professoras Maria de Lurdes Matzembacker e Denise Werle, prof Simone Stefanelo - responsável pelas Escolas de Tempo Integral da 32ª CRE, profª Maria Inês Meister Meira - Acessora de Educação Ambiental 32ª CRE e a profª Joanirse Ortiz - NTE São Luiz Gonzaga.


A programação desenvolvida foi a seguinte:


Manhã:
- Abertura
- Apresentação do Coletivo Jovem
- Histórico das Conferências
- Resumo da III Conferência
- Apresentação da COM-VIDA
- Temas da Conferência: Ar, Água, Terra, Fogo

Tarde:
- Momento Teórico: COM-VIDAS e Oficina de Futuro
- Início da Prática
- Apresentação das práticas
- Fechamento das oficinas e encerramento




Momentos da Oficina de Conferência!!!


Começando a Oficina de Conferência!!!




Fazendo as Práticas!!!


Apresentando o que foi produzido!!!




Outros Flashs!!!






 
posted by Joanirse at 23:37 | Permalink |
sábado, 30 de agosto de 2008
Formação Regional!!!




No dia 29 de Agosto de 2008 foi realizada no Salão de Atos da 32ª Coordenadoria Regional de Educação - São Luiz Gonzaga/RS a Formação Regional de Professores e Alunos para a III CNIJMA.

A programação foi a seguinte:

Manhã:
- Sensibilização - Vídeo: Meio Ambiente e eu com isso?
- Regulamento Estadual da III CNIJMA
- Oficina Comunidade Virtual Vamos Cuidar do Brasil
- Discussão Cadernos da Conferência

Tarde:
- Oficina de Futuro





Oficina de Futuro


Estamos disponibilizando a apresentação utilizada na Oficina de Futuro, bem como o que foi construido pelos participantes da Formação Regional!!!




Obs.: Essa apresentação foi criada e utilizada pelos oficineiros Marcelo, Márcia, Lucimar e Luana na Formação Estadualda III CNIJMA em Porto Alegre/RS. Nós apenas readaptamos o material para a nossa realidade.



*******************************************************************
***1º Momento: MURO DAS LAMENTAÇÕES***


Photobucket


Pergunta:
QUAIS SÃO OS PROBLEMAS AMBIENTAIS QUE EXISTEM NA MINHA REGIÃO?




Lamentações sobre o AR

emissão de gases tóxicos
agrotóxicos nas lavouras
desmatamentos
poeira
fumaça


Lamentações sobre a ÁGUA

esgoto: falta de saneamento básico
agrotóxicos e poluição das nascentes e rios
saneamento básico precário
desperdício
tratamento de esgoto
assoreamento dos rios


Lamentações sobre a TERRA

lixo
uso indevido do solo
desmatamento
desgaste do solo
destruição da mata ciliar
extinção das espécies


Lamentações sobre o FOGO

queima dos combustíveis
hidrelétricas: desequilíbrio ambiental - social
carvão: produção
desperdício de energia
queima de campos
não reciclagem do lixo



Photobucket






*****************************************************************
***2º Momento: ÁRVORE DOS SONHOS***




Photobucket



Pergunta:
QUAL O MEIO AMBIENTE QUE SONHO PARA A MINHA REGIÃO?



Sonhos sobre o AR

sem poluição
perfume de flores e árvores
brisa
ar puro sem gases poluentes
preservar as matas
ar puro


Sonhos sobre a ÁGUA

água potável em abundância ára todos os seres vivos
água límpida e abundante
água limpa para todos sem desperdício
saneamento básico
reutilizar a água
evitar o desperdício


Sonhos sobre a TERRA

não aos agrotóxicos
menos lixo
menos êxodo rural
incentivo ao plantio
menos cortes de árvores
terra fértil
biodiversidade
solo fértil, cheio de plantas e animais
uso sustentável do solo


Sonhos sobre o FOGO

não às queimadas
utilizar energias alternativas
energia que não prejudique o meio ambiente
utilizar novas formas de energia menos prejudiciais para o meio ambiente
sustentabilidade



Photobucket






****************************************************************
***3º Momento: RESGATE HISTÓRICO***



Resgate Histórico 1


Ambiente ontem

não existia o uso exagerado de agrotóxicos
biodiversidade (sustentabilidade)
baixa concentração populacional (menos progresso)
mais amor em relação ao meio ambiente


Ambiente hoje

uso abusivo de agrotóxicos
extinção de várias espécies (animais e vegetais)
crescimento populacional exagerado (mais progresso)
descaso e exploração



Resgate Histórico 2


Ambiente ontem

águas limpas - cristalinas - em abundância
flora e fauna riquíssima
ar puro e saudável
terra fértil, bem produtiva
matas virgens (vento fresco)
fogo usado com moderação
não existia poluição: sonora, visual
os quatro elementos eram sagrados e idolatrados
caça, pesca e aproveitamento de frutas e raízes


Ambiente hoje

águas poluídas e com escassez de água doce
extinção de espécies animais e vegetais
ar poluído e contaminado
doenças respiratórias e de pele
terra improdutiva e erosão do solo
desmatamento - aquecimento global
hidrelétricas - fábrica de carvão
poluição de gases tóxicos, sonora, visual, etc...
4 elementos são desvastados e desrespeitados - agredidos
caça e pesca predatória



Resgate Histórico 3


Ambiente ontem

biodiversidade da fauna e flora
qualidade e quantidade de água
menos consumo de energia
ar puro e saudável
mais verde


Ambiente hoje

extinção de espécies
escassez e poluição da água
mais consumo de energia
ar poluído e sujo
menos verde



Resgate Histórico 4


Ambiente ontem

não tinha lixão
rios sem poluição e assoreamento
existia mata ciliar
solos férteis
ar puro
existia matas e outros recursos naturais
biodiversidade
métodos naturais para controle de pragas
equilíbrio ambiental


Ambiente hoje

consumismo
acúmulo de lixo
desmatamento
erosão
extinção de espécies
solos pobres
rios poluídos
assoreamento
uso de agrotóxicos
desequilíbrio ambiental - super população
doenças
deslocamento de poluição do ar
camada de ozônio
derretimento das geleiras





*******************************************************************
***4º Momento: PLANO DE AÇÃO***



Plano de Ação do AR

Objetivos: Conhecer o ar, reconhecer os agentes causadores da poluição atmosférica
Ação: reflorestamento, incentivo, evitar as queimadas, uso de agrotóxicos, uso de antipoluentes
Atores: comunidade escolar e comunidade
Prazo: 60 dias
Indicadores Avaliativos: avaliação satisfatória se conseguirmos a participação de 50% da população da comunidade
Observação: incentivar a comunidade a plantar árvores frutíferas, nativas próximas aos rios



Plano de Ação da ÁGUA

Objetivo: Promover a conscientização da comunidade sobre a importância do uso racional da água, da proteção dos mananciais e da não poluição.
Ação: palestras, seminários, oficinas, debates, visitação e observação
Atores: comunidade escolar e sociedade em geral
Prazo: 6 meses - possibilidade de ampliação
Indicadores Avaliativos: mudanças de atitudes, responsabilidade, atividades de engajamento.



Plano de Ação da TERRA

Objetivos: Sensibilizar a comunidade sobre os problemas da Terra, agrótóxicos, lixo, desmatamento, queimadas...
Ações: caminhada ecológica, palestras, vídeos, análises do solo, plantio de árvores e gramíneas, substituição do adubo químico pelo adubo orgânico, não importar defensivos agrícolas dos EUA, evitar a construção de barragens, evitar a monocultura, preservar o solo das nascentes cercando-as, evitar as queimadas, ajardinar as residências, as escolas, os logradouros públicos, reciclar e separar o lixo, limpar pátios e ruas.
Atores: estudantes de 5ª a 8ª série, professores do ensino fundamental e comunidade em geral
Prazo: de outubro de 2008 a abril de 2009 - inicial devendo continuar nos anos letivos sucessivos
Indicadores Avaliativos: se dará de forma coletiva e permanente
Observação: na realidade esse trabalho já é feito em várias escolas, porém não muito divulgado. Devendo acontecer uma maior sitematização e intercâmbio entre si



Plano de Ação do FOGO


Objetivo: Sensibilizar a comunidade escolar da importância da preservação e conservação dos recursos naturais.
Ações: promover reuniões e debates com a comunidade para alertar da necessidade de construções de usinas hidrelétricas como única forma de produção de energia, fazer levantamento do consumo de energia nas residências, incentivar a utilização de energia alternativa (placas solares, aeólica...)



******************************************************
5º Momento: CONSTRUÇÃO DO CARTAZ


 
posted by Joanirse at 14:33 | Permalink |
Segunda Reunião Preparatória
Aconteceu no dia 18 de Agosto mais uma reunião onde foram repassadas informações relativas à III CNIJMA.

Diversos convidados fizeram-se presentes, entre eles citamos:
- Secretários Municipais de Educação
- EMATER
- CORSAN
- COMDEMA
- APARP
- URI
- Setor de Meio Ambiente da Prefeitura
- Diretores e Coordenação Pedagógica de escolas Estaduais e Municipais


 
posted by Joanirse at 14:13 | Permalink |
quinta-feira, 14 de agosto de 2008
Acontecendo reuniões
Aconteceu no dia 12 de Agosto a primeira reunião para divulgação da III CNIJMA na 32ª CRE.

A reunião esteve prejudicada porque no início da manhã nossa região foi assolada por uma tempestade que causou alguns transtornos e provocou o término da energia elétrica. Mas mesmo assim, diversas cidades, escolas e entidades convidadas fizeram-se presentes e receberam orientações e foram motivados para fazer acontecer a Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente.

Devido a esse transtorno, nova reunião foi marcada para o dia 18 de Agosto.





Estamos disponibilizando o material utilizado na Reunião com Secretários Municipais e demais pessoas convidadas, onde foi divulgada a III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente


Meio Ambiente: e eu com isso?



Orientações Gerais - III CNIJMA
Material que serviu de base para a trabalho realizado

Parte 01



Parte 02


OBS.: Você pode fazer o download do vídeo direto no YouTube
ou fazer o download do pps que deu origem a ele no link a seguir:

Orientações Gerais - III CNIJMA - 32ª CRE


 
posted by Joanirse at 22:19 | Permalink |
segunda-feira, 11 de agosto de 2008
Site Oficial
Já está no ar o Site Oficial da III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente!!!
O endereço é:

http://www.mec.gov.br/conferenciainfanto2008


Vá até lá e confira!!!
Tem muita coisa bacana!!!
 
posted by Joanirse at 08:58 | Permalink |
segunda-feira, 28 de julho de 2008
Passo a passo - Comunidade Virtual Vamos Cuidar do Brasil

Vídeo-Tutorial


Passo a passo de como entrar na Comunidade Virtual
Vamos Cuidar do Brasil

 
posted by Joanirse at 01:01 | Permalink |
domingo, 27 de julho de 2008
Apresentação do regulamento
A Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente - CNIJMA é um instrumento voltado para o fortalecimento da cidadania ambiental nas escolas e comunidades a partir de uma educação crítica, participativa, democrática e transformadora. Ela se caracteriza como um processo dinâmico de encontros e diálogos, para debater temas propostos, deliberar coletivamente e escolher os representantes que levarão as idéias consensuadas para as etapas sucessivas.

A III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente – III CNIJMA, que acontecerá em 2009, terá as seguintes etapas no Rio Grande do Sul: Etapa Estadual de Formação, Etapa Regional de Formação, Conferência na Escola, Mostras Regionais, Mostra Estadual e Encontro Preparatório Estadual. O processo culminará com a participação de uma Delegação Gaúcha de estudantes na Conferência Nacional.

As CREs e os municípios poderão promover Conferências Regionais e Municipais. As mesmas serão opcionais, dependendo da definição de cada CRE e município.
A seleção dos trabalhos, seguindo os critérios básicos propostos pelo MEC, ocorrerá em três etapas: escolar, regional e estadual. Nas duas últimas, os trabalhos das escolas serão selecionados pela Comissão Organizadora Regional (COR) e Comissão Organizadora Estadual (COE), respectivamente, com a participação do Coletivo Jovem que as compõem.

O Regulamento para o Estado do Rio Grande do Sul é o que segue:
 
posted by Joanirse at 22:45 | Permalink |
Objetivos
As Conferências Infanto-Juvenis pelo Meio Ambiente têm como objetivo fortalecer a educação ambiental nos sistemas de ensino, propiciando atitude responsável e comprometida da comunidade escolar com as questões socioambientais locais e globais com ênfase na participação social e nos processos de melhoria da relação ensinoaprendizagem, em uma visão de educação integral, de modo a:

- melhorar o desempenho das escolas participantes com base nos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB);

- abordar a questão das mudanças ambientais globais no processo educacional;

- fortalecer o papel da escola na construção de políticas públicas de educação e de meio ambiente;

- incluir no Plano Político Pedagógico das escolas o conhecimento e o empenho na resolução dos problemas socioambientais;

- fortalecer e criar COM-VIDA - Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida e Agenda 21 nas escolas, incorporando suas ações no agir cotidiano em prol da vida, promovendo o diálogo de forma construtivista;

- contribuir para a Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável e para a consecução das Metas do Milênio, ambas iniciativas da Organização das Nações Unidas, em uma perspectiva da Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis;

- fortalecer os movimentos de juventude e meio ambiente, como os Coletivos Jovens, a Rejuma – Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e outros.

- contribuir para o letramento digital de professores e alunos, por meio de troca de experiências e colaboração entre pessoas propiciada pelo uso de tecnologias da informação e comunicação vivenciadas junto à comunidade virtual “Vamos Cuidar do Brasil”.
 
posted by Joanirse at 22:43 | Permalink |
Promotores e parceiros
A III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente é promovida pelos Ministérios da Educação (MEC) e do Meio Ambiente (MMA), sob a coordenação executiva da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade – SECAD/MEC, responsável pela gestão pedagógica e administrativa necessária à sua execução, em parceria com a Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental - SAIC/MMA.

Todo o processo de organização e execução dos trabalhos no Estado, relativos à III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente é planejado pela Secretaria da Educação em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação - UNDIME/RS, a Associação Riograndense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural - EMATER/RS, o Coletivo Jovem e demais membros da Comissão Organizadora Estadual – COE.

O processo de organização e execução dos trabalhos nas Coordenadorias Regionais de Educação – CREs contará igualmente com a parceria da UNDIME/RS, EMATER/RS e demais membros das Comissões Organizadoras Regionais - CORs.
 
posted by Joanirse at 22:42 | Permalink |
Quem pode participar
A III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente é voltada para as escolas que possuem pelo menos uma turma de 5ª a 8ª série e do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental cadastradas no Censo Escolar de 2006 - INEP, públicas e privadas, urbanas e rurais.

Os alunos de Escolas Especiais e de Classes Especiais, que não apresentam seriação, excetuando-se aquelas para alunos surdos, na faixa etária de 11 a 21 anos, podem participar. Os alunos surdos participam com os demais alunos matriculados de 5ª a 8ª série e do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Os alunos com necessidades educacionais especiais atendidos pelos serviços de Salas de Recurso participam com os demais alunos da classe comum em que está matriculado.

As comunidades indígenas, quilombolas, assentamentos rurais que não possuam turmas das séries/anos finais do Ensino Fundamental também podem participar por meio de escolas com turmas de 1ª a 4ª série.

Professores, pais, funcionários, direção e demais atores envolvidos na comunidade escolar e os adultos das comunidades indígenas, quilombolas, assentamentos rurais devem participar e colaborar. No entanto, os adolescentes são os protagonistas deste processo.

As escolas cadastradas no Censo Escolar de 2006 – INEP receberão material didático enviado diretamente pelo MEC. A escola que, por qualquer eventualidade, não receber o material, deverá solicitá-lo à respectiva Coordenadoria Regional de Educação – CRE.
 
posted by Joanirse at 22:40 | Permalink |
Como Participar
Cada escola participará realizando sua Conferência de Meio Ambiente e enviando os resultados à respectiva CRE no envelope-resposta que acompanha o material didático enviado pelo MEC.

O material didático a ser enviado pelo MEC diretamente às escolas encontra-se também disponível na Seção de Educação Ambiental, Departamento Pedagógico, da Secretaria da Educação e em meio digital no sítio www.mec.gov.br/conferenciainfanto2008.
A publicação Passo a Passo para a Conferência na Escola, que acompanha o material didático, apresenta os procedimentos e os princípios gerais para a realização da Conferência de Meio Ambiente na escola.

Informações gerais poderão ser obtidas junto às Coordenadorias Regionais de Educação e Seção de Educação Ambiental, Departamento Pedagógico, da Secretaria da Educação, pelo fone (51) 3288 4813 e e-mail ambiental@seduc.rs.gov.br.

Escolas para e com atendimento a alunos com necessidades educacionais especiais devem contatar com a Seção de Educação Especial, Departamento Pedagógico, da Secretaria da Educação, pelo fone (51) 3288 4811, e-mail dee-dp@seduc.rs.gov.br.

Comunidades indígenas, quilombolas e de assentamentos rurais poderão obter informações junto à Seção de Educação Rural e Indígena, Departamento Pedagógico, da Secretaria de Estado da Educação, pelo fone (51) 3288 4814 e e-mail jeni-reck@seduc.rs.gov.br.

Escolas, Coordenadorias Regionais de Educação, Coletivos Jovens e demais interessados poderão obter informações sobre a comunidade virtual “Vamos Cuidar do Brasil” junto à Seção de Tecnologia Educacional, Departamento Pedagógico, da Secretaria da Educação, pelo fone (51) 3288 4794 e e-mail cate-dp@seduc.rs.gov.br.

As escolas municipais poderão obter informações também junto às suas respectivas Secretarias Municipais de Educação.

Informações também poderão ser obtidas com o Coletivo Jovem, por intermédio de Sabrina Amaral, pelo fone (51) 39531154 e e-mail sdsamaral@hotmail.com, e Márcio Marmitt, pelo e-mail mfmarmitt@gmail.com.
 
posted by Joanirse at 22:36 | Permalink |
Temas da III CNIJMA
O tema central da III CNIJMA são as mudanças ambientais globais, tendo como subtemas:

- Terra (Biosfera / Biodiversidade / Desflorestamento);
- Água (Hidrosfera / Recursos hídricos / Desertificação);
- Fogo (Sociosfera / Energia e Mobilidade / Matriz energética e transportes);
- Ar (Atmosfera / Ar e clima / Mudanças Climáticas).
 
posted by Joanirse at 22:35 | Permalink |
Material Didático da III CNIJMA
O material didático consta de três volumes:

Volume 1 - Passo-a-Passo para Conferência de Meio Ambiente na Escola e Educomunicação - apresenta a metodologia para a realização da Conferência na Escola; além disso, traz o conceito de Educomunicação e incentiva a utilização de suas técnicas, oferecendo a oportunidade para que a comunidade escolar possa se expressar em relação aos temas de seu interesse. Fazem parte deste volume uma folha de retorno e um envelope-resposta.

Volume 2 – Mudanças Ambientais Globais – Pensar + agir na escola e na comunidade - trata dos aspectos conceituas, descrevendo de maneira didática os problemas relacionados às mudanças ambientais globais que afetam os sistemas naturais e as populações humanas em todo o planeta, debatidos em relação aos quatro elementos básicos - água, fogo, terra e ar.

Volume 3 - Formando COM-VIDA e construindo a Agenda 21 na Escola apresenta a Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida - COM-VIDA, com orientações para a formação e implementação da Agenda 21 na Escola.

Este material encontra-se disponível no sítio www.mec.gov.br/conferenciainfanto2008.

Todos os estabelecimentos escolares com pelo menos uma turma/ano de 5ª a 8ª / 6º a 9º receberão o material didático. A adesão à III CNIJMA é voluntária.
 
posted by Joanirse at 22:33 | Permalink |
Processo da III CNIJMA no Estado
Uma conferência é um processo seqüencial de encontros nos quais as pessoas se reúnem, debatem os temas propostos expondo diversos pontos de vista, deliberam coletivamente e escolhem representantes que levam adiante as idéias que tenham a concordância de todos.

A participação do Rio Grande do Sul na III CNIJMA terá as seguintes etapas:
- Etapa Estadual de Formação,
- Etapa Regional de Formação,
- Conferência na Escola,
- Mostras Regionais;
- Mostra Estadual e
- Encontro Preparatório Estadual,
- Participação de uma Delegação Gaúcha de estudantes na Conferência Nacional.
 
posted by Joanirse at 22:31 | Permalink |
Etapa Estadual de Formação
Receberão formação de dois dias 120 multiplicadores para o trabalho em cada uma das trintaCoordenadorias Regionais de Educação – CREs e também 10 membros da Comissão Organizadora Estadual - COE, totalizando 130 pessoas.
Serão multiplicadores regionais quatro representantes de cada uma das trinta CREs, sendo um (a) professor(a) Assessor(a) de Educação Ambiental da CRE/SEDUC, um(a) técnico(a) da EMATER/RS, um(a) professor(a) representante da UNDIME/RS e um representante do Núcleo de Tecnologia da Educação – NTE/CATE/SEDUC, oferecendo capacitação e orientação a professores e alunos na etapa regional de formação. Além disso, ficarão responsáveis pela formação (ou re-estruturação) e coordenação das respectivas CORs, bem como pela disseminação das informações.
 
posted by Joanirse at 22:27 | Permalink |
Etapa Regional de Formação
Trata-se de uma preparação para as Conferências de Meio Ambiente nas Escolas, com uma explanação dos referenciais teóricos e conceituais relativos aos quatro subtemas e uma oficina de quatro horas ministrada pelos multiplicadores formados na Etapa Estadual de Formação.

Receberão formação de um dia, nos municípios-sede das CREs, um(a) professor(a) e um(a) aluno(a) de cada uma das escolas públicas municipais e estaduais que efetuarem inscrição, juntamente com representantes das CORs.

O recurso para esta etapa foi previsto por estimativa. É estimada a adesão de 30% das 4.694 escolas públicas com pelo menos uma turma de alunos entre 5ª e 8ª séries e entre o 6º e o 9º ano do Ensino Fundamental, o que corresponde a 1.410 escolas. Poderão ser formados(as), portanto, 1.410 professores(as) e 1.410 alunos(as), que deverão atuar como mobilizadores, multiplicadores e responsáveis pela realização das Oficinas de Conferência e da Conferência de Meio Ambiente em suas respectivas escolas. Estarão também preparados(as) para formar e implementar estudos que viabilizem a formação das Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vida – COM-VIDA.
Quando solicitado pela respectiva CRE ou Secretaria Municipal de Educação, as escolas que aderirem à III CNIJMA deverão indicar um(a) professor(a) e um(a) aluno(a) como seus representantes para a etapa regional de capacitação. Após a capacitação, as escolas realizam oficinas de conferência, que culminarão com a Conferência na Escola e o cadastramento de seu trabalho junto ao INEP.
As CREs procederão à inscrição de escolas públicas para esta etapa de formação por ordem de adesão, até atingirem 30% de seu total.

A ausência da escola nesta etapa de formação não a exclui do processo de seleção para a III CNIJMA, ou seja, a escola que não efetuar inscrição na formação ou que não encontrar vaga na mesma, poderá vir a ser classificada para a Conferência Nacional desde que realize Conferência de Meio Ambiente e proceda ao cadastramento.
As CREs deverão observar aqui o limite estabelecido pelo MEC para o número de escolas que realizará Conferência de Meio Ambiente, que é de pelo menos 10% das escolas existentes em cada estado. Os estados cuja participação for inferior a esse percentual terão o número de participantes reduzido à metade.

As 23 (vinte e três) escolas do projeto Escola em Tempo Integral da Secretaria da Educação, que em seu conjunto abrigam 6.225 alunos, receberão capacitação/treinamento especial de um dia nesta etapa, constando de palestra de duas horas sobre os temas da III Conferência, seguida por estudo dirigido do material recebido do MEC, e treinamento de 4 horas relativo à Oficina de Futuro, monitorada por instrutores.
 
posted by Joanirse at 22:18 | Permalink |
Conferência na Escola
As escolas podem organizar Oficinas de Conferência como preparação para a Conferência na Escola, convidando gestores, professores, oficineiros, palestrantes, etc. Visam propiciar uma vivência direta do processo de conferência na escola, bem como um aprofundamento conceitual das temáticas a serem abordadas.

Cada escola promoverá uma Conferência de Meio Ambiente, envolvendo estudantes de todos os níveis e turnos de ensino, professores, funcionários e a comunidade escolar. Na Conferência, a escola elege um(a) delegado(a) e seu suplente, define uma responsabilidade e uma ação e produz um cartaz, que traduz visualmente a responsabilidade assumida. Os resultados da conferência são registrados na folha de retorno anexa ao material didático e também cadastrados via internet. O processo da conferência é composto por etapas:
- Preparação;
- Conferência propriamente dita;
- Produção de cartaz e preenchimento da folha de retorno;
- Eleição do delegado(a) e seu suplente;
- Preenchimento da folha de retorno e inscrição da escola na Internet;
- Preenchimento e envio do envelope-resposta.
 
posted by Joanirse at 22:12 | Permalink |
Preparação
Todos as escolas cadastradas no INEP receberão o material didático e o material de adesão à III Conferência enviados pelo MEC.

Para o bom andamento dos trabalhos, é imprescindível que as escolas mobilizem-se para uma leitura detalhada dos três volumes que compõem o material didático e debatam os quatro subtemas propostos em oficinas de conferência.

As Oficinas de Conferência são o momento preparatório das Conferências de Meio Ambiente nas escolas. Visam proporcionar uma vivência direta do processo de conferência na escola, bem como um aprofundamento conceitual do tema e subtemas abordados.
 
posted by Joanirse at 22:11 | Permalink |
Conferência propriamente dita
Os(As) multiplicadores(as) na escola serão os(as) professores(as) e alunos(as) multiplicadores na escola serão os que receberam formação na Etapa Regional de Formação.
Cada escola promoverá uma conferência envolvendo estudantes de todos os níveis e turnos de ensino, professores, funcionários e a comunidade escolar para definir e elaborar:
- uma responsabilidade do coletivo, com base em um dos quatro Acordos Internacionais;
- uma ação para pôr em prática a responsabilidade definida pelo coletivo;
- a indicação de um aluno delegado e seu suplente;
- a criação de um cartaz, em folha padrão conforme modelo disponibilizado pelo MEC, que traduza o resultado do trabalho coletivo.

A responsabilidade deve ser consistente, objetiva, escrita em três linhas, estar relacionada a um dos subtemas da Conferência de 2008, sintetizar a maior parte das idéias descritas e o fazer de forma objetiva e concisa.

A ação deve descrever como a responsabilidade assumida será colocada em prática. Deverá ser escrita de forma objetiva, a partir da resposta às questões a seguir, em uma linha cada:
- O quê? (descrição da ação);
- Onde? (descrição do local da ação);
- Como? (descrição dos meios para executar a ação); e
- Período de execução: (se em 3 meses, de 3 a 9 meses ou mais de 12 meses).

Principais passos da Conferência na Escola:
- Eleger um dos subtemas debatidos.
- Definir uma responsabilidade a ser assumida pela comunidade escolar, relacionada ao subtema eleito.
- Definir de que maneira a responsabilidade assumida será transformada em ação prática.
- Registrar com fotos os principais momentos da Conferência. Se houver dificuldade no registro fotográfico, poderão ser elaborados desenhos detalhados.
- Participar da comunidade virtual “Vamos Cuidar do Brasil” hospedada no endereço eletrônico www.educarede.org.br e registrar na mesma todo o processo da Conferência na escola, o que propiciará interação entre escolas e estados na discussão do tema e dos subtemas da Conferência, bem como a participação em fóruns e chats e a publicação de fotos, desenhos e textos.
 
posted by Joanirse at 22:09 | Permalink |
Produção de cartaz e preenchimento da folha de retorno
Produzir um cartaz, em cartolina de 29 cm x 41 cm a ser providenciada pela escola.

A técnica para a produção deste cartaz é livre, podem ser utilizados desenhos, colagens, textos, frases, etc.

O cartaz deve traduzir visualmente a responsabilidade assumida pelo coletivo escolar.
Pode ser elaborado por qualquer aluno ou grupo de alunos da escola.

Sugere-se a elaboração de vários cartazes, com a escolha coletiva daquele que melhor comunica a responsabilidade assumida no dia da Conferência.

Os alunos deverão escolher o cartaz que melhor comunique a responsabilidade assumida pela escola. Para tanto, deverão levar em consideração os seguintes critérios:
- criatividade;
- originalidade;
- contexto, ou seja, se o cartaz ilustra, de fato, a responsabilidade a qual está vinculado;
- comunicação.
 
posted by Joanirse at 22:08 | Permalink |
Eleição do Delegado(a) e seu suplente
A escola deve eleger dois(duas) delegados(as), um(a) titular e um(a) suplente. Na eleição devem ser respeitados alguns critérios. O aluno ou aluna deve:
- estar matriculado(a) nas séries/anos finais do Ensino Fundamental (5ª a 8ª série ou 6º ao 9º ano) na escola a qual ele representará (verificar exceções);
- ter entre 11 e 14 anos, sendo 11 anos completos no período da conferência na escola e 14 anos completos na data da realização da III CNIJMA, ou seja, até 2 de abril de 2009;
- ter participado de maneira significativa e destacado-se na construção da responsabilidade e da ação durante a Conferência de Meio Ambiente na Escola.
- interessar-se pelo debate das questões em pauta;
- comunicar-se bem e ser claro(a) na exposição de suas idéias.

O(a) delegado(a) titular eleito(a) pela escola poderá vir a representá-la na III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente, se a mesma for selecionada. O(A) suplente substituirá o(a) titular caso haja algum impedimento para sua participação.

Registrar com fotos a eleição dos(as) delegado(as), titular e suplente, com destaque para os(as) eleitos(as). Se houver dificuldade no registro fotográfico, poderão ser elaborados desenhos detalhados.

Na eleição do(a) delegado(a) titular e suplente, representam exceções as comunidades indígenas, quilombolas, de assentamentos rurais e estudantes com necessidades educacionais especiais, como segue:
- Escola de comunidades indígenas, quilombolas e de assentamentos rurais podem eleger delegado(a) titular e suplente entre 11 e 14 anos de idade sem restrição de série.
- Estudantes entre 11 e 14 anos de idade, que participem da Conferência em escolas localizadas nas suas comunidades de origem (indígena, quilombola e de assentamento rural), apesar de matriculados nas séries/anos finais (5ª a 8ª série ou 6º ao 9º ano) do Ensino Fundamental em escola de outra localidade.
- Estudantes com necessidades educacionais especiais na faixa etária de 11 a 21 anos, matriculados em Escolas Especiais e Classes Especiais, sem seriação, participam. São exceção os alunos surdos, que devem estar cursando as séries/anos finais do Ensino Fundamental (5ª a 8ª série ou 6º ao 9º ano).

Sugere-se que a escola procure eleger os(as) delegados(as) com equilíbrio de gênero (proporcionalidade entre meninos e meninas).
 
posted by Joanirse at 22:04 | Permalink |
Preenchimento da folha de retorno e inscrição da escola na internet
A folha de retorno para registro dos dados cadastrais da escola é encontrada inserida no Volume 01 - Passo a Passo para a Conferência do Meio Ambiente na Escola e no endereço eletrônico www.mec.gov.br/conferenciainfanto2008, link cadastro das escolas.

Deve ser corretamente preenchida e enviada colada no envelope-resposta.

São registrados na folha de retorno os resultados da conferência, ou seja, dados e informações importantes sobre a forma de participação da escola no processo das conferências e sobre delegados(as) eleitos(as):
- a responsabilidade da escola, em três linhas, sobre um dos subtemas;
- a ação que a escola vai desenvolver a partir da responsabilidade assumida;
- os dados da escola;
- os dados dos(as) delegados(as) titular e suplente; e
- questionário preenchido.

A escola deve cadastrar-se também fornecendo esses dados via Internet, no endereço eletrônico www.mec.gov.br/conferenciainfanto2008, link cadastro das escolas.

Atenção! A escola que não efetuar cadastro ficará oficialmente excluída de futuras atividades decorrentes da III CNIJMA, como capacitação de professores, recursos para projetos, etc.

Para inscrição da escola no processo da III Conferência, é necessário o número de registro da mesma no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira – INEP fornecido para a Direção.

Caso a escola não tenha acesso à Internet, o cadastro pode ser realizado nos Núcleos de Tecnologia Educacional – NTEs, em uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF) e nos órgãos de extensão rural vinculados a ASBRAER como, por exemplo, a EMATER de sua localidade. Será necessário comparecer a esses locais com a Folha de Retorno preenchida e o número da escola no INEP.
Após cadastramento via Internet, a escola deve enviar a folha de retorno preenchida, com o item "já cadastrado" assinalado, fixada no envelope-resposta, conforme orientações a seguir.
 
posted by Joanirse at 22:01 | Permalink |
Preenchimento e envio do envelope-resposta
Um envelope-resposta de porte pago, com os espaços definidos para colar o cartaz, a folha de retorno e as fotos, acompanha o material Passo a Passo para a Conferência na Escola.

A escola deve fixar no envelope-resposta o cartaz selecionado, a folha de retorno e duas fotos.

As duas fotos comprovarão a realização da Conferência de Meio Ambiente na escola, devendo registrar dois momentos distintos do processo:
- como foram os debates;
- eleição dos(as) delegado(as), titular e suplente, com destaque para os(as) eleitos(as).

Dobrar e colar as abas. Não utilizar fitas adesivas nem grampos.

O envelope-resposta será enviado à respectiva Coordenadoria Regional de Educação para que a escola passe pelas etapas de seleção. Escrever, portanto, no envelope-resposta o endereço da respectiva CRE.

Cada escola preencherá e enviará somente um envelope-resposta com apenas uma folha de retorno. Escolas que enviarem mais de um trabalho serão excluídas.

Não serão aceitos trabalhos incompletos, com data de postagem 20 de outubro de 2008 ou enviados para endereços errados.
 
posted by Joanirse at 21:59 | Permalink |
Mostras Regional e Estadual
Após a realização das conferências nas escolas, os trabalhos com as responsabilidades mais consistentes elaborados durante as Conferências de Meio Ambiente nas Escolas serão selecionados para exposição em Mostras Regionais e enviados à Secretaria da Educação, conforme processo de seleção, item “8” deste Regulamento.

Sugere-se às Comissões Organizadoras Regionais que os trabalhos não selecionados venham a compor uma Mostra Itinerante da Região.

Os trabalhos selecionados nas CREs serão expostos na Mostra Estadual. As responsabilidades selecionadas em âmbito estadual serão levadas pelos(as) delegados(as) das escolas selecionadas em nível estadual à III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente.

Finalmente, os cartazes selecionados no Estado, devidamente embalados, deverão ser enviados para a Coordenação-Geral de Educação Ambiental, Edifício CNE, SGAS Av. L2 Sul, Quadra 607, Lote 50, sala 212, CEP 70200-670, Brasília, DF.
 
posted by Joanirse at 21:39 | Permalink |
Encontro Preparatório Estadual
Os(As) Delegados(as) das escolas cujos trabalhos foram selecionados comporão a Delegação Gaúcha da III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente.

Nos dois dias que antecederão à ida desses Delegados(as) a Brasília, será realizado em Porto Alegre um Encontro Preparatório Estadual, com o objetivo de reunir a Delegação Gaúcha, com o propósito de propiciar um espaço de debate e aprendizagem, consolidar e aprofundar os temas debatidos nas Conferências nas Escolas e prepará-la para a etapa nacional.

Os(As) Delegados(as) virão ao Encontro acompanhados por pais(mães) ou responsáveis e irão a Brasília acompanhados por professores.
 
posted by Joanirse at 21:38 | Permalink |
Participação da Delegação Gaúcha na Conferência Nacional
A III CNIJMA será realizada em Brasília de 3 a 8 de abril de 2009 e contará com a participação de cerca de 690 delegados(as) com idades entre 11 e 14 anos representando todas as Unidades Federativas.

Na Conferência Nacional os Delegados(as) irão elaborar coletivamente a Carta das Responsabilidades e produtos de Educomunicação – rádio, vídeo, jornal e multimídia.

Os cartazes selecionados nos estados ficarão em exposição durante a Conferência Nacional que, em seguida, deverá se tornar uma mostra itinerante.
 
posted by Joanirse at 21:37 | Permalink |
Seleção das responsabilidades
Serão selecionados desvinculadamente as responsabilidades assumidas e os cartazes produzidos pelas escolas, constantes no envelope-resposta, em duas etapas: Mostra Regional e Mostra Estadual.

*Seleção das Responsabilidades

As responsabilidades das escolas serão selecionadas durante as Mostras Regional e Estadual considerando-se os seguintes critérios:
- consistência,
- clareza,
- coerência com o tema escolhido, e
- recorrência na categoria.

As CORs e a COE, com a participação de jovens, garantindo o princípio “jovem escolhe jovem”, farão a triagem das responsabilidades das escolas e, consequentemente, dos delegados(as), em nível regional e estadual respectivamente, em cada grupo de categoria, ou seja, escolas de ensino regular, para alunos com necessidades educacionais especiais e de comunidades indígenas, quilombolas e de assentamentos rurais.

Nas Mostras Regionais serão selecionadas:
- 01 (uma) responsabilidade das escolas de comunidades indígenas;
- 01 (uma) responsabilidade das escolas de comunidades quilombolas,
- 01 (uma) responsabilidade das escolas de assentamentos rurais,
- 01 (uma) responsabilidade das escolas para alunos com necessidades educacionais especiais;
- e 10% das responsabilidades das escolas de ensino regular.

Na ausência de participação de qualquer um dos segmentos de escolas de comunidades (indígenas, quilombolas e assentamentos rurais), a vaga não será transferida, ou seja, ficará descoberta.

Na ausência de participação de alunos com necessidades educacionais especiais, as mesmas poderão ser substituídas por escolas de ensino regular.

Como critério de desempate, poderá ser levada em consideração a proporcionalidade de escolas públicas e privadas representadas e o equilíbrio de gênero (meninos e meninas) entre os(as) delegados(as) titulares.
 
posted by Joanirse at 21:20 | Permalink |
Seleção dos cartazes no estado
Serão selecionados desvinculadamente as responsabilidades assumidas e os cartazes produzidos pelas escolas, constantes no envelope-resposta, em duas etapas: Mostra Regional e Mostra Estadual.

*Seleção dos Cartazes

Os cartazes serão escolhidos seguindo-se o critério de criatividade e coerência entre a ilustração do cartaz e a responsabilidade.

As CORs e a COE, com a participação de jovens, garantindo o princípio “jovem escolhe jovem”, farão a triagem dos cartazes das escolas, em nível regional e estadual respectivamente.

Serão selecionados 07 (sete) cartazes nível regional:
- um para cada um dos quatro subtemas da III Conferência, considerando escolas de ensino regular e de alunos com necessidades educacionais especiais, totalizando quatro, e
- um para cada grupo de escolas indígenas, quilombolas e de assentamentos rurais, totalizando
três.

Poderão ser enviados à Secretaria da Educação até 210 cartazes. Desses, serão selecionados 11 (onze) para serem enviados à Brasília:
- dois para cada um dos quatro subtemas da III Conferência, considerando escolas de ensino regular e de alunos com necessidades educacionais especiais, totalizando oito, e
- um para cada grupo de escolas indígenas, quilombolas e de assentamentos rurais, totalizando três.
 
posted by Joanirse at 21:15 | Permalink |
Número de participantes da delegação gaúcha na Conferência Nacional e seus acompanhantes
O número de participantes por delegação foi calculado de acordo com o número de escolas com 5ª a 8ª série e 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental nos estados. Assim sendo, o Rio Grande do Sul será representado por 27 (vinte e sete) jovens, sendo 24 (vinte e quatro) Delegados(as) de escolas de Ensino Regular, sendo um com necessidades especiais, e 03 (três) de escolas de comunidades, um de comunidades indígenas, um de comunidades quilombolas um de assentamentos rurais.

Na ausência de participação de qualquer um dos segmentos de escolas de comunidades, a vaga não será transferida, ou seja, a vaga ficará descoberta.

A Delegação Gaúcha será acompanhada por 05 (cinco) professores(as). Delegados(as) representantes de comunidades indígenas e com necessidades educacionais especiais serão acompanhados individualmente pelo(a) professor(a) responsável. Os outros 03 (três) acompanhantes a serem selecionados deverão atender a alguns critérios e identificarem-se com o perfil necessário para desempenhar esta tarefa.

Critérios:
- ser professor(a) efetivo da rede a qual pertence;
- ter disponibilidade em sua agenda, para o período de 3 a 8 de abril de 2009;
- ter participado de alguma etapa do processo da III CIJMA no Estado;
- demonstrar conhecimento dos objetivos da III CIJMA, da responsabilidade coletiva e individual, da importância do trabalho da Delegação Gaúcha e seus acompanhantes em Brasília, como representantes do Rio Grande do Sul;
- demonstrar comprometimento em acompanhar os jovens da Delegação Gaúcha em todas as
atividades da III CNIJMA, como oficinas, palestras, momentos culturais e outras.

Perfil:
- habilidade para liderar grupos;
- facilidade de comunicação e relacionamento;
- habilidade para desenvolver tarefas de facilitador(a);
- condições para mediar conflitos.

Como critério de desempate será considerada a participação do(a) professor(a) em alguma COR ou na COE.

Identificando-se com o perfil e atendendo na íntegra aos critérios exigidos, o(a) professor(a) deverá comprometer-se preenchendo e assinando o Termo de Responsabilidade e comprometendo-se em apresentar relatório de trabalho de acordo com um roteiro préestabelecido pela COE.
 
posted by Joanirse at 21:09 | Permalink |
Etapas e prazos

Teremos como prazos para as diferentes etapas no Rio Grande do Sul:

Obs.: para uma melhor visualização do cronograma basta clicar nele que abrirá maior em outra tela.

 
posted by Joanirse at 20:47 | Permalink |
Divulgação dos resultados
As listas dos delegados e delegadas eleitos para participar da III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente em Brasília e dos cartazes selecionados para exposição serão divulgados pelo MEC em 15 de dezembro de 2008 no sítio www.mec.gov.br/conferenciainfanto2008 e pelo telefone 0800-616161 do Fala Brasil.
 
posted by Joanirse at 20:43 | Permalink |
Direitos Autorais
Os Ministérios da Educação e do Meio Ambiente (ou terceiros por eles autorizados) se reservam o direito de reproduzir, em parte ou na totalidade os trabalhos produzidos nas Conferências de Meio Ambiente nas escolas e enviados para as Comissões Organizadoras Estaduais, divulgando-os por meio de mídia impressa e televisionada, bem como disseminando-os pela internet ou qualquer outra mídia que venha a ser desenvolvida, sem que seja devida autorização e qualquer remuneração aos participantes e autores dos trabalhos, obrigando-se, todavia, a mencionar o crédito dos autores.
 
posted by Joanirse at 20:42 | Permalink |
32ª CRE presente na Etapa Estadual de Formação da III CNIJMA



Aconteceu em Porto Alegre/RS, nos dias 02 e 03 de Julho, a Etapa Estadual de Formação para a III Conferência Estadual Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente.

Nela estiveram presentes cerca de 120 multiplicadores, representantes de cada uma das trinta Coordenadorias Regionais de Educação e também 10 membros da Comissão Organizadora Estadual - COE.

Da 32ª Coordenadoria Regional de Educação estiveram presentes:
- Profª Maria Inês Meister Meira - representando a Acessoria de Educação Ambiental da 32ª CRE/SEDUC
- Profª Marilisa Hoffmann - representando a UNDIME
- Profª Joanirse Ortiz - representando o Núcleo de Tecnologia Educacional - NTE/CATE/SEDUC
- Extencionista Maria Amélia Santos Lidtke - representando a EMATER

Durante esses dois dias, diversas atividades foram desenvolvidas procurando capacitar e orientar os participantes quanto à III CNIJMA, bem como quanto à Etapa Regional de Formação que é de suas responsabilidades. Entre essas atividades, citamos:

** Apresentação do Histórico do Programa Vamos Cuidar do Brasil e do Regulamento da III CNIJMA - SEA/DGA/DP/SEDUC

** Fundamentação Teórica e embasamento conceitual relativo aos quatro temas propostos para a III CNIJMA
- Terra/Biosfera/Biodiversidade/Desflorestamento - Ulisses Franz Bremer (UFRGS)
- Água/Hidrosfera/Recursos Hídricos/Desertificação - Roberto Verdum (UFRGS)
- Fogo/Sociosfera/Energia e Mobilidade/Matriz Energética e Transportes - Lúcia Ortiz (Amigos da Terra)
- Ar/Atmosfera/Ar e Clima/Mudanças Climáticas - Francisco Aquino (UFRGS)

** Coletivo Jovem - Sabrina Amaral e Graziela Rinaldi

** Oficina: Comunidade Virtual da III CNIJMA - Marjorie Nunes (CATE/DP/SEDUC)

** Oficina de Futuro: Teoria e prática - Márcia Barreta, Lucimar Vieira, Marcelo Borges e Luana C. da Silva

Foi um momento muito importante onde, além de receber todas as orientações necessárias, pudemos conhecer e interagir com muitas outras pessoas preocupadas em Cuidar do Brasil.


 
posted by Joanirse at 20:40 | Permalink |
Disposições Gerais
Ao inscrever seu trabalho, a escola participante aceita as disposições do presente Regulamento.

Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Orientadora Nacional.
 
posted by Joanirse at 20:40 | Permalink |